O sagrado profano

Que se propague em mim o melhor
Do que aprendi.
Que minhas palavras cavem caminhos
Na mente alheia.
Que vá procurar perguntas
Duvida das respostas.
Que compartilhe
E não aceite o dado.
Que desista de desistir
Entenda o caótico.

1 comentários:

Guilherme Augusto 15 de outubro de 2011 16:21  

E assim, uma vida de conquistas possa conquistar até nas mais duras derrotas...

:)